[Nada Nesse Mundo Tira a Minha Fé. Eu disse, NADA]

Em uma fase de grande confusão na minha fé, causada não por mim nem muito menos por problemas meus, me vi diante de duas escolhas: acreditar que tudo aquilo que eu acreditava era uma grande mentira ou decidir que eu não tinha problema nenhum, trauma nenhum, nem desilusão nenhuma com o meu Salvador, portanto, eu não tinha motivo algum para acreditar que tudo o que eu acreditava era uma mentira. Confuso? Sim. Um dia estive assim.
E eu decidi prosseguir. E como eu costumo dizer, se tudo for uma mentira, apenas terei vivido numa doce ilusão e nada mais. Mas eu sei que não é.
Uma grande amiga, muito querida, me ajudou em minhas confusões. Elkeane e seu amado marido, o Pastor Luis Gonçalves investiram tempo em me ensinar e trilharam comigo, um caminho pelo qual eu já tinha passado, portanto, eu conhecia muito bem. Eu apenas precisava trazer à minha memória, aquilo que me dava esperança. E assim foi.
De repente, o meu mar se acalmou. As confusões saíram da minha mente e novamente eu conseguia enxergar as coisas de forma clara, como sempre foram.
Vivi um deserto espiritual, gratuitamente. Eu não precisava passar por isso, porque eu não tinha nem em mim e nem na minha vida, nenhum motivo para passar por isso.
Mas Deus sabe de todas as coisas. Ele permite todas as coisas. E em tudo Ele tem Seu propósito muito bem definido.
Hoje, eu consigo me sentir muito satisfeita por ter tido essa vivência, que só serviu para me firmar muito mais no meu Caminho. No Caminho que eu já conhecia e que eu não tinha motivo algum para deixar. Afirmo e reafirmo, que após viver o que eu vivi, nada mais nesse mundo, tira a minha fé. Eu disse: Nada!
Orei muito, louvei muito, me reservei de muitas coisas. Mas uma das coisas fundamentais foi a oração da minha amiga. Lembro-me que um dia, quando assim, meio de repente tudo ficou tão claro, tudo era tão óbvio de novo, e eu entendi porque eu estava tão confusa, e ali, naquele momento, de entendimento, tudo passou e tudo voltou ao normal, eu escrevi para a Elke e relatei tudo, eu estava muito radiante. E então ela me contou, que orava por mim de madrugada, e que ela tinha certeza que isso era a resposta da sua oração. Ela estava tão feliz quanto eu. E desde então, tudo voltou ao normal.
Por que estou contando tudo isso? Porque após toda essa turbulência, é incontável o número de pessoas que apareceram na minha vida, sabe-se lá de onde, mas me procuram e dizem: "me ajuda!" "estou perdendo a minha fé!" "dizem que Jesus não existe, que a Bíblia é uma mentira, mas eu não quero acreditar nisso."
Exatamente como a Bíblia diz que aconteceria!
E é impressionante, como hoje, eu sei ajudar essas pessoas de verdade.
Fiz mais filhos na fé depois dessa minha experiência, do que nos anos que vivi antes disso.
Hoje, eu deixei completamente a religião, para viver mais JESUS. Me afastei de toda confusão. Não tento tirar ninguém do seu caminho. Mas as pessoas surgem e eu posso ajuda-las.
Já fui evangelista, já fui intercessora, já fui líder de célula, já vivi sendo levada por todo vento de doutrinas. Hoje, não preciso de nomenclaturas. Eu oro por quem me pede socorro, assim como um dia, a minha amiga orou por mim. Eu vejo respostas às minhas orações, como sempre vi. Eu falo de Jesus, falo da Bíblia, com sinceridade, não pra tentar te converter. Isso cabe à Deus, não a mim. Eu só compartilho o que eu sei e o que cada vez mais eu vivo.
Quero dizer, que ser madura espiritualmente é ótimo. Mas ser como a criança, ter aquela inocência do primeiro amor, é melhor ainda!
O crente anda pela fé. Nada tem a ver com razão. É fé. Não é ciência, é fé. Não é preto no branco, é fé. Não é "ver pra crer", é fé. Não é sentir, é fé.
Se você está confuso, como eu estive um dia, ouve-me, leia-me, presta muita atenção:
Nós sempre sabemos em que momento nossa fé começou a declinar. Sempre! Eu sei exatamente quando tudo isso começou. Pensa agora e você verá que também sabe. Escuta: afaste-se de qualquer coisa, pessoa, situação, grupo, ensino, palavra, leitura, texto, seja lá o que for, se isso coloca dúvidas na sua fé, afaste-se! Se te deixa confuso, afaste-se. Confusão não vem de Deus. Retroceder, não vem de Deus. Afaste-se de tudo que vem roubar a sua fé. Por mais que doa, que sangre, que te corrói, afaste-se. Afaste-se porque a sua eternidade, é pra sempre e essas coisas são passageiras. Junte-se não com pessoas que tem a mesma religião que a sua, ou que frequentam a mesma igreja que você, mas com pessoas que tem a vida de Jesus, como a sua própria vida. Com pessoas de grande fé, de fé inabalável, que pode vir vento, tempestade, dilúvio, calor intenso, mas nada abala! Junte-se com pessoas que te ensinam, sem te persuadir. Que compartilham o que sabem, mas que ao mesmo tempo te deixam livre pra você escolher seu caminho. Pessoas que te ensinam, que ser livre não é fazer tudo que a "religião" proibiu, mas que ser livre, é não fazer as coisas porque "não quer" e não porque "não pode." Há o nosso trabalho e há o trabalho de Deus. Nós apenas compartilhamos nossa fé. Deus cumpre o Seu propósito.
Se você fizer isso, eu te asseguro que vai passar.

Obs.: Agradeço a minha amiga Elkeane, que leu meu texto, o aprovou e autorizou que aqui fosse publicado.
Minha amiga, muito obrigada! Pela sua amizade, orações, autorização. Louvado seja o SENHOR para sempre pela sua vida.

3 comentários:

Jane disse...

gostaria q Deus me desse uma amiga assim, pois estou precisando q intercedam por mim Jesus me ajude

Rosery Santana disse...

Estou vivendo um momento semelhante...a única coisa certa que sei é que Jesus é real...eu o conheci..ainda que na religião...hj vivo um momento solitário...mas sei que Ele está comigo e aguardo o aperfeiçoamento da sua obra em minha vida,...obrigada pelo seu testemunho.

Rosery Santana disse...

Estou vivendo um momento semelhante...a única coisa certa que sei é que Jesus é real...eu o conheci..ainda que na religião...hj vivo um momento solitário...mas sei que Ele está comigo e aguardo o aperfeiçoamento da sua obra em minha vida,...obrigada pelo seu testemunho.